Como escolher o ramo de atuação - ApoioEmpresário
Novos Negócios

Como escolher o ramo de atuação

Para se tornar um empreendedor, o primeiro passo é decidir o ramo de atuação e se informar muito sobre a atividade e o modelo do negócio dentro do nicho escolhido. Quando o novo empreendedor se lança no mundo dos negócios ele logo se vê desafiado a tomar várias decisões importantes todos os dias e em diferentes momentos, como por exemplo, escolher o melhor layout do site da empresa, definir as atividades que passará a desenvolver, aquisição de mão de obra qualificada, entre outros.

Para fazer uma boa escolha do ramo de atuação você precisa refletir com calma para se decidir, uma vez que se devem considerar as oportunidades de mercado. Se essa é uma das suas dúvidas continue lendo atentamente este artigo para conhecer os pontos fundamentais e as minhas dicas para que possa começar de forma certa no mundo dos negócios.

Destaque a sua preferência pessoal

Qual é o setor ou campo que você detém conhecimento, experiência ou mesmo aptidão para trabalhar? Este primeiro passo é essencial para definir outros detalhes importantes como, por exemplo, a viabilidade de sua ideia.

De nada adianta escolher uma área que não possui nenhum tipo de afinidade, conhecimento ou interesse só porque é a tendência do mercado, pois os negócios de sucesso não funcionam desta forma.

Para facilitar pegue papel e caneta e liste as áreas com as quais se vê pronto para ingressar e competir no mercado. Essa visualização auxiliará bastante na escolha.

Faça um planejamento

O planejamento é essencial para que o empreendedor tenha o devido controle do desenvolvimento de sua empresa. Ele deve ser feito de forma cuidadosa, para que possa verificar a sua viabilidade nos dois âmbitos essenciais, a saber: econômico e financeiro.

Torne-se um empreendedor de sucesso!

Cadastre o seu e-mail em nossa lista e receba as novidades primeiro!

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Fique tranquilo, o seu e-mail estará seguro conosco. Você poderá se retirar da lista a qualquer momento.

Através do planejamento, você diminuirá as suas margens de risco e terá uma boa base que lhe permitirá fazer investimentos. Identifique as oportunidades que o mercado oferece analisando criteriosamente o comportamento dos mercados nos três níveis: consumidor, fornecedor e concorrente.

Segmentação mercado

É importante que você tenha em mente qual é o tipo de segmento de mercado que deseja atuar e observar a distinção de possibilidades de serviços, de interesses ou de necessidades de clientes.

Como a segmentação é a subdivisão do mercado em várias fatias você precisa analisar com tranquilidade e cuidado se aquele nicho é viável para o seu negócio, como também se o mesmo não está saturado ou possui mercado aberto. O importante é que a sua empresa apresente um diferencial de impacto.

Ideia versus Franquia

Outro ponto que se deve considerar é se o seu negócio deve ser algo novo como fruto de uma ideia que surgiu a partir de um desejo pessoal ou se deve escolher uma franquia. Em ambos os casos é necessário fazer investimento financeiro, e por isso é importante avaliar os prós e contras de cada um, assim como os seus riscos e procedimentos burocráticos.

Regime de tributação

Ao escolher o seu ramo de atividade é importante que tenha conhecimento sobre os tipos de tributações que estará sujeito a arcar regularmente como despesas fixas que são as seguintes:

Inscrição Municipal (feita na Prefeitura);

Licença de Funcionamento (também feito na Prefeitura);

Licença Sanitária (caso atue com produtos alimentícios ou que apresente algum tipo de risco à saúde);

Emissão de Notas Fiscais (o modelo varia de acordo com o tipo de atividade exercida e é emitido pelo Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda);

Tributos Federais (como IRPJ, IPI e II);

Contribuições (INSS, PIS, COFINS, CSLL, IRRF, FGTS e SIMPLES)

Conhecimento do Mercado

Uma grande falha cometida por novos e até por alguns empreendedores experientes é a chamada falsa percepção de conhecimento a respeito do mercado em que se pretende entrar pensando que o mesmo se restringe ao serviço que oferece ao consumidor e deixa a posteriori os hábitos dos clientes, a concorrência e a oferta de fornecedores.

Para que não se cometa erros como esses, você deve acompanhar as novas práticas e a evolução do mercado, tanto daqueles mais próximos e similares ao seu, quanto daqueles distantes e diferentes, visto que é o melhor caminho para desenvolver novos processos e serviços para a sua empresa.

Estude o comportamento do seu cliente e trace o seu perfil para poder conhecê-lo e descobrir o que o motiva a procurar pelos seus serviços e quais são as razões que o fazem decidir comprar ou não uma mercadoria sua.

Perspectivas de futuro

Estabelecer uma perspectiva de futuro com metas e objetivos bem definidos é essencial para se estabelecer os métodos de trabalho a serem realizados para que a sua empresa alcance o sucesso esperado.

Uma dica para se estabelecer boas perspectivas de futuro é escrever, em forma de lista e em ordem crescente, quais são os objetivos e metas que se deseja alcançar com o seu empreendimento a pequeno, médio e longo prazo.

Tempo estimado

O tempo estimado se refere ao prazo que você estabelecerá para que o seu negócio comece a gerar lucro, e neste quesito deverá incluir as perspectivas estabelecidas que também começam a ser alcançadas.

Você ainda deve considerar a presença de algumas variáveis que podem fazer toda a diferença no seu negócio como, por exemplo, a questão da retenção. A retenção nada mais é do que o momento em que micro empresas e/ou empreendedores individuais podem não ficar por muito tempo com um produto considerado de um ticket médio elevado simplesmente por variações que ocorrem no seu fluxo de caixa e que lhe obrigam a cortar custos.

Além disso, deve considerar a possibilidade da sazonalidade do mercado que, dependendo do modelo de negócio que for adotar poderá render lucro de forma constante durante todo o ano, como também registrar períodos de boa lucratividade seguidos ou não de outros com lucratividade menor.

Faça cursos

O empreendedor que almeja o sucesso precisa adquirir constantemente mais conhecimento. De acordo com Getulio P. Sampaio no livro “Teoria do Sucesso: Empreendedorismo e Felicidade” (publicado em 2007 pela Editora Nobel) estudar é uma forma de se preparar para as oportunidades e todo o momento é ideal para se aprender coisas novas, seja através de cursos presenciais ou não, leitura de livros, revistas e jornais como assistir um bom documentário. Além disso, fique sempre por perto de quem tem conhecimento na área.

Últimas considerações

Abrir um negócio exige planejamento, organização, pesquisa e investimento. Procure se organizar com calma para fazer as melhores escolhas. Espero que este artigo tenha te ajudado, mas se ainda tiver alguma dúvida é só enviar sua mensagem que irei te responder o mais rápido possível.

Referência

SAMPAIO, Getúlio Pinto. Teoria do sucesso: empreendedorismo e felicidade. São Paulo: Nobel, 2006

Vinícius Gregório

Vinícius Gregório

Redator nas horas vagas, empreendedor na área de consultoria de negócios e sistemas de gestão empresarial, acredita que toda empresa pode ser aprimorada através da inovação e melhoria contínua dos processos.