A importância do bom atendimento - ApoioEmpresário
Aumentar Vendas

A importância do bom atendimento

Saber fazer um bom atendimento é a garantia de realização de bons negócios. Tanto é verdade que a maioria dos problemas que acabam gerando algum tipo de crise de credibilidade poderia ter sido facilmente evitada, caso houvesse tido antes um atendimento adequado.

Da mesma forma os clientes fieis podem ser responsáveis por mais da metade do faturamento de um estabelecimento, uma vez que a maioria dos consumidores gosta de ser bem tratados como se fossem exclusivos, e quem souber manter vivo estes valores antigos e transferi-los para as novas tendências conseguirá se manter satisfatoriamente no mercado competitivo.

Por outro lado, os consumidores não se prendem somente a preços baixos, mas procuram por vendedores qualificados, bons serviços, informações bem especificadas e muito mais. Por mais que você tenha percebido que o comportamento dos seus clientes mudou, algumas ações simples continuam fazendo toda a diferença, mesmo que você atue em um mercado tecnológico e inovador.

Torne-se um empreendedor de sucesso!

Cadastre o seu e-mail em nossa lista e receba as novidades primeiro!

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Fique tranquilo, o seu e-mail estará seguro conosco. Você poderá se retirar da lista a qualquer momento.

E neste artigo você verá quais são essas ações e poderá discutir com a sua equipe, para que possam oferecer o melhor atendimento aos seus clientes.

1. Simpatia e gentileza

São características básicas que se empregam em todos os âmbitos da vida e no mundo dos negócios não é diferente. Um simples “bom dia” ou “boa tarde” acompanhada de um sorriso para recepcionar o cliente, bem como de pronomes de tratamento como “senhor” e “senhora” são recomendáveis a cada comunicação estabelecida.

Mas, e se o cliente disser que pode chama-lo de você? Não há problemas quando ele autoriza, pois em muitos casos há pessoas que particularmente não gostam de ser chamadas por senhor ou senhora, e há também aquelas que acham que não há a necessidade dessa formalização.

2. Atenda rapidamente o cliente

Assim que você viu que o cliente adentrou o seu estabelecimento se dirija imediatamente a ele para fazer o atendimento. Se, por acaso não puder se adiantar devido à realização de alguma tarefa ou por estar ocupado com outro cliente, peça que ele o aguarde ou então diga que pedirá a outro funcionário que o atenda. Jamais o deixe esperando, pois ele pensará que não querem atende-lo, desistirá de realizar a compra e poderá não voltar mais a sua loja.

3. Seja também rápido durante todo o atendimento

Nem sempre o seu cliente está disposto a esperar por muito tempo para que você lhe traga um determinado produto, isso quando não resolve conversar (mesmo que rapidamente) com outro funcionário.

Quanto mais ágil você for ao atendimento, melhor será a impressão que provocará nele que o considerará como um bom vendedor ou um vendedor eficaz.

Por outro lado, um bom atendimento ágil lhe permite atender um maior número de clientes ao dia que, no final do mês, fará diferença nos rendimentos e lucros obtidos.

4. Cuidado ao utilizar nomes técnicos

Se você trabalha com serviços que empregam nomes técnicos, termos estrangeiros ou mesmo abreviações não as utilize em excesso com o cliente, pois ao invés de estar demonstrando conhecimento será visto com maus olhos por ele.

Procure empregar uma linguagem mais simples e objetiva, e só utilize o nome técnico de uma peça ou produto se realmente for necessário.

5. Seja transparente com o cliente

A sinceridade é uma característica importante e essencial para quem deseja fazer uma boa negociação. Em algum momento do diálogo pode ocorrer de você não compreender o que o cliente falou e vice-versa ou então ocorrer algum mal entendido.

Em situações como essa não há porque ficar com receio e é válido pedir que fale novamente ou que explique o ponto que não tenha compreendido. Neste quesito pode também ocorrer que o cliente lhe faça alguma pergunta específica que não saiba a resposta no momento.

Quando isso acontecer, poderá tirar a dúvida com outro colega ou fazer uma pesquisa diretamente ao manual do fabricante impresso ou pela internet. Tenha em mente que o importante aqui é que não haja dúvidas e incompreensões, pois a boa compreensão é um elemento de ajuda no fechamento da compra ou adesão a algum tipo de serviço.

 

6. Ouça atentamente e não apresse o cliente

Alguns clientes são mais calados e quando resolvem falar é só para fazer algumas perguntas básicas sobre o tipo de serviço, especificações e recomendações, enquanto outros preferem tecer verdadeiros diálogos.

Nestes casos, deixe-o falar a vontade e preste atenção ao que diz para que ele se sinta realmente ouvido. E se for um momento em que deverá se decidir pela realização da compra e/ou forma de pagamento não o apresse, mas diga que se preferir pode pensar com calma que você está ali, para ajudar em tudo que ele precisar.

7. Cuidado para não julgar seu cliente pela aparência

Tome muito cuidado para não cometer esse erro que faz com que muitas empresas percam bons clientes. Se a pessoa que entrou na sua loja está bem vestida ou não sempre será um cliente. Nem toda pessoa “rica” gosta de demonstrar o que possui como também nem toda pessoa “pobre” significa que não tenha dinheiro para comprar o que você está oferecendo, pois senão ela nem entraria na sua loja demonstrando o interesse em fazer uma compra, não é mesmo?

8. Demonstre disposição

Se o seu cliente chega à loja dizendo que só está “dando uma olhadinha” nos seus produtos e ainda pede para ver algum específico, busque e o mostre com toda a boa vontade como se ele dissesse inicialmente que iria comprar.

Caso exista outros modelos semelhantes ou que podem chamar a atenção dele, não se intimide e apresente a variedade que dispõe. Quanto mais você mostrar a ele o que sua loja possui maiores serão as chances dele mudar de ideia ali e adquirir até mais de um produto, pois ele também considerará todo o esforço que você fez para agradá-lo.

Últimas considerações

Não existe segredo ou técnicas especiais para que possa oferecer um bom atendimento aos seus clientes, pois o que é necessário é demonstrar interesse em ajudá-lo. Uma ação dessas, quase despretensiosa acaba influenciando uma boa negociação.

Vinícius Gregório

Vinícius Gregório

Redator nas horas vagas, empreendedor na área de consultoria de negócios e sistemas de gestão empresarial, acredita que toda empresa pode ser aprimorada através da inovação e melhoria contínua dos processos.