Planos de Negócios: por que você deve ter um? - ApoioEmpresário
Dicas úteis

Planos de Negócios: por que você deve ter um?

Estrategicamente, todo empreendedor deve ter o seu plano de negócios, o qual é o seu guia onde mostrará o que é e qual o seu objetivo, valores e missões. Infelizmente boa parte dos microempresários ocupa-se somente com os outros detalhes como o atendimento ao processo burocrático ao qual se deve submeter para abrir sua empresa, adquirir produtos ou maquinários essenciais para a realização de seus serviços e a divulgação (marketing) do seu empreendimento.

Todavia, quando um plano de negócios não é devidamente estabelecido pelo empreendedor, a empresa passa a correr sérios riscos. Segundo pesquisa realizada pelo IBGE (Demografia das Empresas 2014) divulgada em setembro de 2016 houve um aumento no fechamento de empresas brasileiras (20,7%), cujo registro é o maior desde 2008 quando o estudo foi realizado pela primeira vez.

Desta forma, para não cair no erro comum preparei para você de forma simples um passo a passo para elaborar corretamente o plano de negócios de sua empresa. Mas, antes disso, você precisa conhecer as principais falhas que JAMAIS devem ser cometidas.

O que você NÃO deve fazer no seu plano de Negócios

Segundo Eduardo Vilas Boas, que é especialista em empreendedorismo e plano de negócios, esses erros são cometidos em grande parte pelos novos empreendedores. Desta forma, se você está começando no mundo dos negócios agora preste bastante atenção.

Torne-se um empreendedor de sucesso!

Cadastre o seu e-mail em nossa lista e receba as novidades primeiro!

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Fique tranquilo, o seu e-mail estará seguro conosco. Você poderá se retirar da lista a qualquer momento.

Ser incoerente. Um dos maiores pecados que o empreendedor poderá cometer é definir o seu modelo de negócio de uma forma e trabalhar as estratégias de forma totalmente incompatível.

Não fazer planejamento financeiro. É necessário pensar sobre os recursos disponíveis que podem ser investidos em publicidade e outras formas de divulgação. A mentalidade comum do “deixar para pensar depois” não funciona.

Ignorar a existência da concorrência. Erro fatal pensar ou agir como se só a sua empresa existisse ou que podem esconder as demais diante de um potencial investidor ou parceiro. Com o acesso a informação facilitada é simples para estes investigar e avaliar o mercado em que sua empresa atua.

Motivos para criar um plano de negócios:

1° Conhecer os recursos financeiros para abrir empresa: O próprio processo de elaboração de um plano de negócios já força o empreendedor a analisar mais detalhadamente a sua situação financeira, percebendo bem a realidade.

2°Conhecer e definir as áreas da empresa: Com ele é possível entender todo o funcionamento de uma empresa, possibilitando a definição de cada uma das suas áreas.

Ficando mais fácil saber quem, onde, como, o que, porque e quanto custa cada coisa nos seus processos.

3°Conhecimento do mercado: As pesquisas ajudam a conhecer o mercado, proporcionando uma visão ampla e global para o empreendimento. Com isso, quando usado corretamente, é possível também ter uma vantagem competitiva sobre a concorrência.

Além disso ele possibilita que a sua empresa tenha muitas outras vantagens tais como:

      • Estabelecer objetivos e metas

 

      • Preparar-se para imprevistos

 

      • Analisar as chances do negócio funcionar ou não

 

    • Promover o crescimento da empresa

O rascunho do seu plano de negócios

Agora que você já sabe quais são os erros comuns que muitos empreendedores cometem é hora de parar e pensar sobre o que realmente deve ser feito. Para isso, responda as seguintes questões:

a) Qual é a oportunidade que tenho em mãos?

b) O que irei oferecer ao mercado?

c) A quem oferecerei e com quem terei que competir?

d) Quanto precisarei investir e qual o lucro que receberei?

e) Quando começarei a realizar as ações/ atividades e quando as metas deverão ser atingidas?

Passo a passo de como criar o seu plano de negócio

Com as respostas obtidas das questões anteriores é hora de preparar definitivamente o seu plano de negócio. Veja a seguir como fazê-lo.

Crie uma boa capa e capriche no layout do plano

Coloquei no início, mas você deve se ocupar com este quesito após o término da montagem do seu plano de negócios. Seja atento e até perfeccionista quanto a detalhes que embora simples, fazem toda a diferença como o design, o tamanho da fonte, a estruturação e também os possíveis erros ortográficos e gramaticais que podem ocorrer.

Antes de qualquer coisa é importante ressaltar que o plano de negócios deve ser claro e objetivo. Procure ser o mais conciso possível para evitar erros e excessos. Como se diz, em muitos casos o menos pode ser mais!

Sumário executivo

Para alguns especialistas, é a seção que deve vender o projeto e por isso precisa convencer ao seu leitor que vale a pena. A dica é criar e o direcionar ao seu público-alvo e para tal propósito você deve escrever pensando com a cabeça do investidor, parceiro ou seu cliente desejado.

É só direcionar o seu sumário por meio de questões que envolvam as seguintes interrogações: o projeto é interessante, e se for como ele se diferencia de outras empresas do setor? A ideia trabalhada é inovadora e atende uma determinada demanda? Se existe qual é a vantagem financeira sobre a concorrência?

Assim como a capa, o sumário também pode e deve ser escrito por último para que se possa redigi-lo de forma atraente, completa e objetiva.

Descrição da empresa

Este é o item onde você deve apresentar a sua empresa e modelo de negócio que a sustenta. Se a empresa já está consolidada no mercado é importante inserir o seu histórico, a sua estrutura organizacional e o crescimento e/ou faturamento obtido nos últimos tempos. Além do mais deve criar os seguintes subitens:

Plano Operacional: Inserir a localização de sua empresa, quem são e qual o número total de fornecedores, como também o número de equipamentos que serão necessários para suas atividades;

Plano Gerencial: Inserir os recursos humanos necessários (número de funcionários e suas remunerações, perfil dos profissionais e o modelo de treinamento da equipe);

Plano Jurídico: Inserir se precisará ou não ter um sócio, como também um escritório de advocacia e contabilidade como auxílio.

Descrição dos serviços

Além de descrever quais são e como são criados é preciso abordas questões relacionadas aos tipos de fatores tecnológicos envolvidos como o ciclo de vida, se possui patente de algum produto ou se é um revendedor autorizado e/ou exclusivo de sua região. Em outras palavras, ninguém melhor do que você precisa conhecer realmente o seu principal ativo para defendê-lo diante de investidores, parceiros e clientes.

Análise de mercado

Trata-se da viabilização de comercialização do seu serviço. Deve-se, para tanto analisar a indústria ou setor, o segmento, a SWOT do serviço e a concorrência. Para estruturar corretamente este item responda as seguintes questões: qual é a sua participação de mercado em relação aos principais concorrentes? O mercado é bem atendido? E quais sãos as oportunidades para obter maior participação?

Plano de Marketing

Refere-se ao método de comercialização, projeção de vendas, política de preços, assim como os canais de distribuição e estratégias de publicidade e propaganda. Para um projeto mais consistente é recomendável fazer projeções mensais, pois se devem considerar fatores como a sazonalidade do mercado e o volume de vendas.

Plano Financeiro

É a apresentação em números das ações planejadas para a sua empresa. Acrescente os dados relacionados ao balanço, fluxo de caixa, necessidade de investimento e seu prazo de retorno e previsão de lucratividade.

Últimas considerações

Como você viu ao longo deste artigo a elaboração de um plano de negócios é fundamental para o desenvolvimento da sua empresa, pois é através dele que você consegue visualizar melhor o seu modelo de negócio e percebe a viabilidade do seu empreendimento. Por fim, vale ressaltar que o plano de negócios não elimina os erros, mas te auxilia a não diminuir suas possibilidades. Invista nesta importante ferramenta e você terá muito a ganhar.

Aproveite e compartilhe este artigo com seus amigos, sócios e parceiros. Bons negócios!

Avatar

Apoio Empresário

O ApoioEmpresário é um portal com a missão de compartilhar conteúdos relevantes aos empreendedores que buscam informações de gestão de negócios.
Acreditamos que, com este trabalho, levaremos informações que serão importantes na trajetória de cada leitor. Isto irá contribuir positivamente para o progresso dos empreendedores e do Brasil.